quinta-feira, 18 de julho de 2013

MARYA QUER DIZER YHWH????



Marya quer dizer YHWH???

Introdução:

A palavra aramaica Marya não se translitera "MarYah" ou "Mar-Yah" como fazem alguns tendenciosamente, visto que escreve-se מריא (terminando em álef - א), e não מריה (com a letra he de "Yah" no final). Curiosamente existe essa versão - Maryah - na Peshitta, o pequeno detalhe é que ela ocorre em referência a homens:

"......aos seus senhores.", למריה em aramaico - Ma'assei hashlichim טז''טז/Atos 16:16.

A raiz da palavra Marya é מר (Mar), traduzida por "senhor" e equivalente ao hebraico אדון (adon). Marya é seu plural majestático, bem como Adonay, com a diferença de que pode-se aplicar também a homens.
As palavras YHVH, Yah, Adonenu, Adon, Adonay e Elohim são substituidas por Marya:

“Yah” – “Cantai a D'us, cantai louvores ao seu nome; louvai aquele que vai montado sobre os céus, pois o seu nome é Yah (marya), e exultai diante dele.”  (Salmos 68:4)

“Adonenu” – “Disse-lhes mais: Ide, comei as gorduras, e bebei as doçuras, e enviai porções aos que não têm nada preparado para si; porque este dia é consagrado ao nosso Senhor [hebraico - Adonenu / aramaico - marya]; portanto não vos entristeçais; porque a alegria doYHWH [marya] é a vossa força.”  (Neemias 8:10)

“Adon” – “Treme, terra, na presença do Senhor [em hebraico - adon / aramaico - marya], na presença do Eloah de Jacó.”  (Salmos 114:7)

“Eis que eu envio o meu mensageiro, que preparará o caminho diante de mim; e de repente virá ao seu templo o Senhor [em hebraico - adon / aramaico - marya], a quem vós buscais; e o mensageiro da aliança, a quem vós desejais, eis que ele vem, diz o Yahweh dos Exércitos.”  (Malaquias 3:1)

“Adonay” – “Ah! Senhor [hebraico - adonai / aramaico - marya], estejam, pois, atentos os teus ouvidos à oração do teu servo, e à oração dos teus servos que desejam temer o teu nome; e faze prosperar hoje o teu servo, e dá-lhe graça perante este homem. Então era eu copeiro do rei.”  (Neemias 1:11)

“Elohim” – “Firmemente aderiram a seus irmãos os mais nobres dentre eles, e convieram num anátema e num juramento, de que andariam na lei de Elohim [marya], que foi dada pelo ministério de Moisés, servo de Elohim [marya]; e de que guardariam e cumpririam todos os mandamentos do YHWH [marya] nosso Senhor [maran], e os seus juízos e os seus estatutos;”  (Neemias 10:29)

Em aramaico é apresenta essas 4 letras: Mem/ Resh/ Yud/ Alef. Não existe essa de MarYah para se fazer pensar que temos a junção de duas palavras Mar = Senhor e Yah = Abreviação de YHWH.  Querendo com isso dizer que temos MarYah = Senhor = YHWH (o que é falso) Marya poderia soar igual "MarYah", mas não há nenhuma "Hei" no final dessa palavra.
Vejam como é o Tetragrama: YHWH = Yud/ Hei / Vav/ Hei. As pessoas que querem traduzir a expressão Marya como Senhor -YHWH simplismnete porque querem interpretar o aramaico como se fosse no hebraico. Esse é o problema. No aramaico o artigo vem após a palavra ao contrario do hebraico.  Como é que se escreve o a abreviação do tetragrama? Yud e Alef ou Yud e Hei ? Certamente que é Yud e Hei certo? O "alef" no final é o artigo no aramaico.
Se esse "ya" se referisse ao Eterno, seria escrito "Yud e Hei" Marya é escrito no final com "yud e alef" Então é apenas um termo que significa: O mestre, O Senhor. De repente a forma aramaica Marya se tornou "MarYah" sugerindo uma ortografia que não está realmente lá. Afinal se aquela forma tiver um "Hei" ao fim, começa a se parecer a forma poética "Yah", não é mesmo?
Virou moda alguns destes que se dizem crer no Messias Yeshua, que vieram do cristianismo, com a cabeça cheia de misticismo romano, ao terem contato com a Peshita Aramaica, começarem a formular teorias mirabolantes e usando este termo "Marya", como forma indicativa do nome do Eterno, tentando passar a FALSA ideia de que o Messias Yeshua seja o próprio Eterno encarnado, que é o dogma fundamental  do unicismo, uma doutrina tão pior, perniciosa e satânica quanto a trindade católica, para dar mais crédito a esta falsa doutrina, eles usam de ACRÉSCIMOS, eles acrescentam o "H" junto a transliteração, para favorecer a tese deles.
"Marya" é simplismente uma forma enfática da palavra "mar" que quer dizer Senhor. Pois esse alef no final é apenas o artigo para dar enfase. O artigo definido é apenas anexado ao final da palavra, em vez de no início, antes da palavra. Lembrando que isso aqui é aramaico. "Marya" significa "o Senhor" e "mar" significa simplesmente "Senhor".
O Messias é digno de receber essa honra de ser chamado de Senhor, embora antes se usasse para outros Senhores, reis, etc.. e o Messias entres os homens pode ser honrado com esse titulo. Lembro-me que por exemplo com relação a palavra mestre Yeshua certa feita falou que a ninguém chamasse de mestre por que só uma era Mestre, ou seja o Messias, isso com relação aos homens. Então embora haja muitos senhores quer no céu ou na terra, só um é que realmente é Senhor de verdade, o Messias Yeshua, e, sobre YHWH Eterno, nem há a necessidade de comentar.
O termo Marya era usada para ser referir basicamente a YHWH, único digno de toda a adoraçao, na B’rit Chadashá,  em alguns textos o Messias é chamado Marya (como em Mateus 28:45) por ser ele o Senhor mais alto entre os homens. Os estudiosos aramaicos compreendiam que YHWH Eterno é o Senhor do Messias. Lembrando que Yeshua foi feito O Senhor = Marya pelo próprio Eterno:

“Pelo que também D’us o exaltou soberanamente, e lhe deu o nome que é sobre todo nome; para que ao nome de Yehoshua se dobre todo joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, e toda língua confesse que Yehoshua, o Messias é o Senhor, para glória de D’us Pai.” ( Filipenses 2:9-11)

Não há mistério nisso o Messias foi feito Senhor, e se foi feito Senhor é por que ele não é o próprio Eterno encarnado e sim porque o Eterno o constituiu Senhor:

“Saiba, portanto , com certeza, toda casa de Yisrael: D’us o constituiu Senhor e Messias, este Yeshua a quem vós crucificastes” (Atos  2:36)

O Messias Yeshua tem um SENHOR acima dele, e este SENHOR é o Eterno D’us de Yisrael:

“Quero, entretanto que saibas ser o Messias o Rosh/Cabeça de todo homem, e o homem o Rosh/cabeça de toda mulher e o Eterno é o Rosh/Cabeça do Messias” (I Coríntios 11:3)

Conclusão:


Conclui-se disso que o Messias Yeshua tem um SENHOR acima dele, logo ele não pode ser o próprio Eterno, e que a palavra Marya pode também ser entendido como YHWH (ainda que esta não seja a tradução literal), mas não exclusivamente. Assim, baseado na Bíblia Peshita não se pode afirmar que Yeshua haMashiach seja considerado o próprio YHVH Eterno.



Rosh: Marlon Troccolli

4 comentários:

  1. Eh complicado explicar essa situação para os unicistas , eu já entendi o q eh esse maryah ou marya..
    uma pena q muitos ainda estão com a teologia crista da trindade unicista ainda.

    ResponderExcluir
  2. quero fazer um adendo a este respeito kelyi , na minha opinião apenas uma coisa esta certo e ninguem tira me deste conceito , a palavra hallelu YAH este nome ninguem pode tirar porque é um diminutivo muito antigo , e nos refletimos nele como verdade ,veja um exemplo ; YAH imanu yah , adonyah , mar yah ,yeshayah .

    ResponderExcluir
  3. Isso não muda nada, uma vez que o substantivo era utilizado em substituição ao tetragrama e a outros substantivos que geralmente são utilizados em referencia a elohim..

    ResponderExcluir