quarta-feira, 17 de julho de 2013

QUEM SÃO AS CASAS DE JUDÁ E DE YISRAEL???




Quem São as Casas de Judá e de Yisrael??


Introdução:

Um fato curioso chama a atenção de todo crente no Messias, todas as profecias referente a Restauração dizem respeito somente a duas Beyts/Casas, a de Yehuda/Judá e a de Yisrael, porém todos sabem que a Casa de Judá é o povo judeu disperso por todo o mundo, mas e a Casa de Yisrael?? quem são??

A B'rit Chadashá/Nova Aliança deve ser feita também somente com as duas Casas de Judá e de Yisrael(Jeremias 31:31-33 / Hebreus 8:8-11) agora vem a pergunta: Onde entram nesta Nova Aliança os gentios?? teriam eles sido esquecidos por D’us?? Como fica a promessa feita ao pai Abraão de que nele, isto é, em sua descendência seriam abençoadas todas as famílias da terra(Gênesis 12:3)??
São indagações que merecem respostas lógicas e dentro das Sagradas Escrituras, por isso, este artigo vem tentar esclarecer estas indagações intrigantes na mente dos crentes no Messias, claro que se trata de uma teoria mas que tem fundamento dentro das Escrituras, observem com todo cuidado os fatos que serão apresentados e depois tirem suas próprias conclusões.

Resumo histórico:

Tudo começou quando Adonai fez um Pacto com o pai Abraão, este Pacto foi renovado com Isaque e depois Jacó, Jacó passou a ser chamado de Yisrael, seus filhos são, portanto, as tribos de Yisrael, ele teve doze filhos homens. Ruben, Simeão, Levi, Judá, Issacar e Zebulom (filhos de Leá, primeira esposa de Jacó); Dã e Naftali (filhos de Jacó e Bilá); Gade e Aser (filho de Jacó e Zilpa); José e Benjamim (filhos de Raquel, a quem Jacó mais amava). Cada um desses homens formou sua própria família, que com o tempo tornou-se numerosa, cada israelita, pois, era descendente literal de um dos doze patriarcas.
Fato importante também é que antes de morrer Jacó adotou os filhos de José, que se chamavam Efraim e Manassés. Assim sendo, na maioria das vezes, durante a contagem das tribos, o nome de José é omitido para dar lugar a Efraim e Manassés, o nome da tribo de Levi comumente é deixado de lado também, especialmente quando se discute sobre herança de terras ou quantidade de guerreiros, pois os levitas receberam encargo especial de servirem ao Eterno nos Preceito Sagrados, o sacerdócio menor é muitas vezes chamado de Sacerdócio Levítico, porque eles eram os que por direito possuíam as prerrogativas de realizar sacrifícios e administrar o Templo.

A dispersão de Yisrael foi profetizada por Moisés (Levítico 26:33; Deuteronômio 28:25, 37 e 64; Jeremias 29:18-19; Amós 9:9). Entretanto Adonai prometeu que haveria uma reunião de todo seu povo (Isaías 5:26 e 54:7; Jeremias 30:3; Ezequiel  28:25). E isso deveria começar antes da Segunda Vinda do Messias.
O profeta disse em nome do Eterno que faria "um pacto novo com a casa de Yisrael e com a casa de Judá". Os cristãos usam essas palavras como sendo a nova aliança que dizem  D’us ter feito com o "cristianismo", os judeus devem estar esperando a concretização desse "novo pacto" até hoje, e eles estão mais enquadrados nas palavras de Jeremias do que os cristãos.

Profecia da Nova Aliança do Eterno:

Esta foi a promessa:

"Eis que os dias vêm, diz o Senhor, em que farei um pacto novo com a casa de Yisrael e com a casa de Judá, não conforme o pacto que fiz com seus pais, no dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito, esse meu pacto que eles invalidaram, apesar de eu os haver desposado, diz Adonai. Mas este é o pacto que farei com a casa de Yisrael depois daqueles dias, diz o Eterno: Porei a minha Torah no seu interior, e a escreverei no seu coração; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. E não ensinarão mais cada um a seu próximo, nem cada um a seu irmão, dizendo: Conhecei ao Eterno; porque todos me conhecerão, desde o menor deles até o maior, diz o Eterno; pois lhes perdoarei a sua iniquidade, e não me lembrarei mais dos seus pecados. Assim diz o Eterno, que dá o sol para luz do dia, e a ordem estabelecida da lua e das estrelas para luz da noite, que agita o mar, de modo que bramem as suas ondas; Adonai dos Exércitos é o seu nome: Se esta ordem estabelecida falhar diante de Mim, diz o Eterno, deixará também a linhagem de Yisrael de ser uma nação eleita diante de mim para sempre. Assim diz Adonai: Se puderem ser medidos os céus lá em cima, e sondados os fundamentos da terra cá em baixo, também eu rejeitarei toda a linhagem de Yisrael, por tudo quanto eles têm feito, diz Adonai." (Jeremias 31: 31-37)

Com quem seria feito o pacto? "... com a Casa de Yisrael e com a Casa de Judá", diz o profeta, poderia ser um sentido figurado, sendo esse pacto feito com outro povo, chamado de "Yisrael espiritual" como dizem muitos cristãos? O profeta não parece ter deixado margem para isso:

"Assim diz Adonai, que dá o sol para luz do dia, e a ordem estabelecida da lua e das estrelas para luz da noite, que agita o mar, de modo que bramem as suas ondas; Adonai dos exércitos é o seu nome: Se esta ordem estabelecida falhar diante de mim, diz Adonai, deixará também a linhagem de Yisrael de ser uma nação eleita diante de mim para sempre"

O que mais nos mostra claramente se tratar da nação israelita? 

"Eis que os trarei da terra do norte e os congregarei das extremidades da terra; e com eles os cegos e aleijados, as mulheres grávidas e as de parto juntamente; em grande companhia voltarão para cá. Virão com choro, e com súplicas os levarei; guiá-los-ei aos ribeiros de águas, por caminho direito em que não tropeçarão; porque sou um Pai para Yisrael, e Efraim é o meu primogênito. Ouvi a palavra do Eterno, ó nações, e anunciai-a nas longínquas terras marítimas, e dizei: Aquele que espalhou a Yisrael o congregará e o guardará, como o pastor ao seu rebanho" (Jeremias, 31: 9-10).

Esse novo pacto, que, como vemos, não pode ser com o cristianismo, nunca ocorreu e os judeus deve estar aguardando sua concretização, uma vez que eles foram espalhados pelo mundo e se reuniram novamente em sua terra no século XX. Seria isso um cumprimento da palavra de Jeremias?

Segundo a teologia cristã, a parábola dos lavradores maus diz que D’us rejeitaria o povo judeu e daria o reino dos céus a outro povo, mas isso seria tornar o Eterno um D’us muito tratante e mentiroso; pois ele teria dito que só se  toda a ordem universal falhasse o povo de Yisrael e Judá deixariam de ser seu povo escolhido.

Gentios ou israelitas??

Yeshua declarou em sua primeira vinda que ele tinha sido enviado somente as ovelhas perdidas da Casa de Yisrael, o que o Messias queria dizer com esta frase?? As Escrituras revelam a existência de duas Casas, no período da dinastia davídica, o filho do rei Salomão, Roboão, em um ato insano dividiu as 12 tribos hebraicas em dois reinos, o Reino do Norte e o reino do Sul(ver I Reis 12:16-20), o reino do sul ficou conhecido como Beyt Yehudah/Casa de Judá e o reino do norte possuía 3 denominativos: Beyt Yisrael ou Beyt Efraym ou Beyt Yosef(casa de Yisrael, casa de Efraim e casa de José).

O reino do norte ou casa de Yisrael foi conquistado e levado cativos pela Assíria(do povo arameu), estes israelitas foram dispersos por todo o mundo assimilando-se com os gentios, perderam sua identidade hebraica, o culto ao Eteno, e a observância da Torah, esqueceram-se por completo de suas raízes hebraicas e tomaram a consciência gentílica, o reino do Sul foi conquistado por Nabucodonosor que destruiu Jerusalém e levou os judeus cativos para a Mesopotâmia, porém, os judeus reconheceram que haviam pecado e não se assimilaram com os gentios, entretanto, guardaram-se em sua semente, pois o Messias teria que vir desta Casa de Judá, por isso eles preservaram suas raízes, um fato ocorreu logo após a separação das duas casas, muitos dos que eram de Yisrael, retornaram para Judá e preservaram sua identidade hebraica, como por exemplo os Levitas e sacerdotes, alguns da tribo de Benjamim, de Naftali, de Aser, razão pela qual o Novo Testamento relatar alguns israelitas pertencentes a estas tribos, como é o caso de Shaul que era da tribo de Benjamim e da profetisa Ana que era da tribo de Aser.

O fato histórico é que Judá preservou-se e Yisrael assimilou-se aos gentios, o que aos nossos olhos parece uma questão de castigo divino, porém este foi um Maravilhoso Plano divino de D’us espalhar ou semear Yisrael entre os gentios, para que depois Adonai os chamassem de volta, quase em todas as nações há indivíduos que possuem DNA hebreu e nem sabem disto, existem uma vasta quantidade de textos bíblicos que demonstram que os chamados gentios que ouviram a voz de D’us e seguem Yeshua, não são de fato gentios,  mas sim, na realidade, descendentes das 10 tribos espalhadas e semeadas por D’us por todo o mundo, que nos planos do Eterno era uma forma de fazer com que todas as famílias da terra fossem abençoadas na pessoa de Abraão.

No primeiro século os descendentes das 10 tribos eram chamados pelos judeus de duas formas, como gentios ou como arameus, os rabinos da época passaram a considerar os efraimitas como gentios, por não falarem mais o hebraico, estarem completamente afastados de todo contexto hebraico, por não viverem mais na terra de Yisrael e nem de observarem mais a Torah e passarem a adotar as crenças e religiões dos pagãos, isto está relatado no Talmud, Tratado Yevamot 17A.

O DNA de Abraão e o DNA maligno de Caim:

Os autores do Novo Testamento conheciam esta terminologia e aplicaram em seus escritos, nos textos aramaicos do Novo Testamento encontramos frequentemente este termos "arameu" ou "arameus", que nos textos gregos foi traduzido como "gentio", são referências inconfundíveis aos efraimitas, Shaul declara: "não há judeu e nem arameu no Messias...", mostrando claramente o objetivo do Messias em Restaurar a Casa de Yisrael e o Tabernáculo de David como um todo, Shaul ainda afirma nos capítulos  9 ao 11 de Romanos que os chamados gentios são na verdade descendentes das tribos perdidas de Yisrael.
As profecias de Oseias previam que as 10 tribos seriam espalhadas por um determinado tempo, mas que depois seriam chamados de todas as partes do mundo de onde tiveram se assimilado, é só se observar nas demais Epístolas dos apóstolos Tiago e Pedro, eles direcionam suas Epístolas às 12 tribos que estão na diáspora(ver Tiago 1:1 e I Pedro 1:1), de que forma eles poderiam identificar as 12 tribos se 10 delas foram assimiladas?? A resposta é lógica, eles conheciam as profecias do retorno da Casa de Efraim, portanto, os gentios mencionados no Novo Testamento são na verdade os descendentes das 10 tribos perdidas de Yisrael e seu destino profético é futuramente se unirem aos seus irmãos de Judá e formarem um só Reino na Volta de Yeshua.

Um dos grandes mistérios das Escrituras é que o Messias teria trazido uma divisão entre as duas casas Judá e Efraim-gentios, os judeus não foram rejeitados como disse Shaul, mas convém aos planos de D'us que haja uma aparente rejeição dos judeus ao Messias, para que os efraimitas pudessem ter acesso ao D’us de Yisrael, Shaul diz que a nossa rejeição ao Messias trouxe riqueza aos gentios(ver Romanos 11:12), as duas casas, Judá e Yisrael, precisavam ficar separadas por algum tempo, cada qual tinha a sua missão separada para cumprir no plano divino da redenção da semente caída de Adão, se eles não tivessem tomados rumos opostos, se esta separação não tivesse sido feito por D’us, os israelitas não teriam se misturados aos gentios e estes nunca teriam a sua chance de salvação por viverem no paganismo, Adonai teria que destruir todos os gentios, igual como Ele fez com os pagãos que viviam na terra de Canaã na ocasião da chegada dos israelitas vindos do Egito, pois estes pagãos tinham uma semente má e perversa, a semente de Caim, e esta semente maligna de Caim(ver I João 3:12) permaneceu no DNA dos gentios pagãos até que os israelitas se misturaram com eles, foi para extinguir esta semente do mal que Adonai fez com que as 10 tribos hebraicas descendentes de Abraão fossem assimiladas aos pagãos gentios. 

Shaul diz que não queria que fossemos ignorantes com relação a este mistério das Escrituras, apesar de parecer que os judeus, por sua incredulidade ao Messias teriam sido rejeitados para sempre, mas isto não aconteceu porque os Dons e a Vocação do Eterno são Irrevogáveis da parte de D'us, podemos confirmar isto nas palavras de Shaul:

"Porque não quero, irmãos, que sejais ignorantes a este mistério (para que não presumais de vós mesmos): que o endurecimento veio a uma parte  de Yisrael, até que o tempo dos gentios-efraimitas haja encerrado. E assim todo o Yisrael será salvo, como está escrito: De Sião virá o Libertador, E desviará de Jacó as impiedades.  Assim que, quanto ao Evangelho, eles(os judeus) são opositores por causa de vós-efraim; mas, quanto à eleição, amados por causa dos Patriarcas.  Porque os Dons e a Vocação de D’us são Irrevogáveis.  Porque assim como vós também antigamente fostes desobedientes a D’us, mas agora alcançastes misericórdia pela desobediência deles, Assim também eles agora foram desobedientes, para também alcançarem misericórdia pela misericórdia a vós demonstrada. Porque D’us encerrou a todos debaixo da desobediência, para com todos usar de misericórdia" (Romanos 11:25-32).

Isto só nos vem mostrar que tudo já estava nos planos do Eterno, de que forma Adonai redimiria a humanidade estagnada no pecado de Caim se Ele não tivesse semeado a semente de Abraão entre os povos da terra na pessoa dos israelitas?? Pois assim como Adonai exterminou os habitantes de Sodoma e Gomorra e os habitantes de Canaã por serem extremamente perversos e malignos, assim também Ele teria que exterminar toda a humanidade que vivia na desobediência à Torah Sagrada, pois a Torah é uma espada de dois gumes, tanto ela pode gerar bênção decorrente de sua obediência como também Condenar à morte, pois ela também é conhecida como o ministério da condenação para o ímpio.

Conclusão:

Hoje em dia, as casas do Elohim de Yisrael são conhecidas pelos nomes mais comuns de gentios(casa de Efraim ou Yisrael - 10 tribos perdidas) e os Judeus (casa de Judá). Tanto o gentio(casa de Yisrael-Efraim) como o Judeus(casa de Judá) adoram ao Eterno de Yisrael, ainda que com costumes paganizados. No entanto, historicamente eles têm estado em desacordo no método, sobre como expressar a verdadeira adoração escritural ao D’us de Yisrael. Estes desacordos têm dividido aos filhos  de Yisrael em duas casas de adoração ao Criador. Por que estão divididas as duas casas? Há dois desacordos principais entre as duas casas de Yisrael (Judaísmo e gentios paganizado). Estes dois desacordos principais, são as funções e interpretações em relação a Torah na verdadeira adoração escritural ao Eterno, e sobre quem é o Messias(Mashiach) judeu. Apesar destes dois desacordos, ambas as casas de Yisrael ainda têm sido usadas por D’us para proteger as duas verdades muito importantes dentro do Reino do Eterno. O Judaísmo (casa de Judá) tem conservado a verdade de que a Torah é perpétua e que é a Árvore da Vida dada pelo Criador, também sustentam o maior dogma sagrado de toda a Escritura, o Shemá Yisrael, os gentios paganizados (casa de Yisrael-Efraim) ainda que paganizado por Roma, tem conservado a verdade de que Yeshua é o Messias(Mashiach), ainda que eles usem interpretações errôneas para o Messias e um nome romano para ele, e uma teologia deturpada e herética sobre a identidade corrompida do Pai e do Messias. Mas mesmo assim eles fazem parte deste projeto de D’us das duas casas de Yisrael, e que por isso, precisam ser Restaurados, e voltarem ao seu primeiro Amor, o Eterno D’us de Yisrael.

Para que se possa chegar a Restauração e a reconciliação das duas casas de Yisrael, é preciso ambos se arrependerem mutuamente(fazer Teshuvá) diante do Eterno. A casa de Yisrael(gentios -10 tribos perdidas) precisa abraçar as suas raízes hebreias/israelitas de sua Emunah(fé) em Yeshua como o Messias(Mashiach).
Enquanto, a casa de Judá(Judaísmo) precisa seguir a Torah Sagrada, mantendo e guardando sua identidade judaica quando eles aceitarem que Yeshua é o Messias(Mashiach) judeu e retirarem as tradições humanas. O arrependimento, a reunificação, a reconciliação e a unidade das duas casas de Yisrael, estão profetizadas em Ezequiel 37:15-27, e está escrito:

"Veio a mim palavra do Eterno, dizendo: Filho de homem, toma agora um pau, e escreve nele: Para Judá, e para os filhos de Yisrael seus companheiros. Toma depois outro pau, e escreve nele: Para José, pau de Efraim, e para toda a casa de Yisrael seus companheiros. Junta-os logo um com o outro, para que sejam um só, e serão um só em tua mão. E quando te perguntarem os filhos de teu povo, dizendo: Não nos ensinarás o que te propõe com isso? Dize-lhes: Assim diz Adonai Elohim: Eis que aqui eu tomo o pau de José que está na mão de Efraim, e às tribos de Yisrael seus companheiros, e os porei com o pau de Judá, e os farei um só, e serão um em minha mão. E sobre os paus escrevas que eles estarão em tua mão diante dos seus olhos, e lhes dirás: Assim diz Adonai: Eu tomo aos filhos de Yisrael dentre as nações às quais foram, e os recolherei de todas partes, e os atrairei à sua terra; e os farei uma nação na terra, nos montes de Yisrael, e um Rei será a todos eles por Rei; e nunca mais serão duas nações, nem nunca mais serão divididos em dois reinos. Nem se contaminarão jamais com seus ídolos, com suas abominações e com todas suas rebeliões; e os salvarei de todas suas rebeliões com as quais pecaram, e os limparei; e Me serão por povo, e Eu a eles por D’us. Meu servo David[Mashiach ben David] será Rei sobre eles, e todos eles terão um só Pastor; e andarão em meus Preceitos, e meus Estatutos guardarão, e os cumprirão[seguirão a Torah Sagrada]. Habitarão na terra que dei a meu servo Jacó, na qual eles habitaram, seus filhos e os filhos de seus filhos para sempre; e meu servo David[Mashiach ben David] será Príncipe deles para sempre. E farei com eles um pacto de paz, pacto perpétuo será com eles; e os estabelecerei e os multiplicarei, e porei o meu Tabernáculo entre eles para sempre. E saberão as nações que Eu o Eterno que separo a Yisrael, estando o meu Tabernáculo no meio deles para sempre." (Ezequiel 37:15-27)

Por isso que a Nova Aliança é feita com a Casa de Judá e de Yisrael e ambas as Casas terão a Torah Sagrada impressa em suas mentes e corações, a Casa de Judá precisa remover todas as tradições de homens que impedem os judeus de verem o Messias revelado na Torah Sagrada, e a casa de Yisrael precisa sair da Anomia e desobediência à Torah do Eterno, todo gentio que rejeita a Torah Sagrada contumazmente e de forma obstinada este tal não pertence a nenhuma das casas, pois o espírito de rebeldia e rebelião ainda está em seu DNA herdado de Caim, é para estes que o Messias um dia dirá:

"Retirai-vos de mim, não vos reconheço, vós que praticais a Anomia" (Mateus 7:23)

Como os judeus permaneceram fieis a Torah do Eterno, tão fieis que exageraram criando mandamentos de homens, a eles cabe-lhes permanecerem cumprindo certos preceitos como a circuncisão por exemplo, pois foi assim que os judeus não foram assimilados pelos gentios, pois preservaram este pacto ordenado por D’us a Abraão, porém, como os gentios-efraimitas se deixaram assimilar perdendo sua identidade, deverão ficar como estão da forma com foram chamados:

"Ande cada um segundo Adonai lhe tem distribuído, cada um conforme D’us tem chamado, assim recomendo em todas as Congregações. Foi alguém chamado estando circunciso? Não desfaça a circuncisão, foi alguém chamado estando incircunciso? Não deve se circuncidar, pois a circuncisão em si não é nada, e nem tampouco a incircuncisão, mas o que realmente vale é Guardar os Mandamentos de D'us" (I Coríntios 7:17-19)

As duas casas um dia serão reunidas e adorarão juntas ao Eterno de Yisrael, e o dia de celebrações em que se Adora ao Eterno é o Shabat, por isso que na Nova Terra, Adonai diz que todos estarão diante dele, toda a descendência de Yisrael e os seus nomes, assim, a cada início de mês e a cada semana no Shabat virão todos celebrar e adorar perante o Eterno:

"Porque, como os Novos Céus e a Nova Terra que estou preparando, todos vocês estarão diante de mim, diz o Eterno, assim estará a vossa descendência e o vosso nome, e assim acontecerá, a cada mês no Rosh Rodez e a cada semana no Shabat, virá toda a carne Celebrar perante mim diz o Eterno"  (Isaías 66:22-23)




Rosh: Marlon Troccolli




5 comentários:

  1. Prezado amigo
    Shalom
    Agradecemos pela sua amizade – Aproveitamos para lhe fazer um Cordial Convite e visitar nosso Blog Oficial – Confira as Novidades – Muita coisa vai lhe interessar, com certeza – E qualquer pergunta, pode deixar seu recado aqui – Clique na linha a seguir ---- http://israelita-tradicional.blogspot.com – Divulgue a Comunidade Israelita Tradicional (implantada em Maringá – PR.) --- Fale sobre nós para seus contatos e amigos nas Redes Sociais – Obrigado.

    ResponderExcluir
  2. Prezado amigo
    Shalom
    Agradecemos pela sua amizade – Aproveitamos para lhe fazer um Cordial Convite e visitar nosso Blog Oficial – Confira as Novidades – Muita coisa vai lhe interessar, com certeza – E qualquer pergunta, pode deixar seu recado aqui – Clique na linha a seguir ---- http://israelita-tradicional.blogspot.com – Divulgue a Comunidade Israelita Tradicional (implantada em Maringá – PR.) --- Fale sobre nós para seus contatos e amigos nas Redes Sociais – Obrigado.

    ResponderExcluir
  3. Jesus veio no 4 milênio,a luz o sol se fez presente no na terra no quarto dia,o milênio será o sábado.

    ResponderExcluir
  4. Shalom, gostei muito do estudo, entendo também assim.
    como saiu um misto de gente do Egito, misturado ao povo de Israel, também creio que um misto de gente será agregado a Israel no reino de Yeshua.

    ResponderExcluir
  5. muito interessante, no entanto entendo que farão parte da casa De efraim todos os não da linhagem de Abraão que creem em Jesus, tendo eles resquício de DNA linhagem de Abraão ou não

    ResponderExcluir