domingo, 14 de julho de 2013

TRINDADE OU D'US ÚNICO???


Trindade ou D'us Único???

O maior dogma do judaísmo tradicional e judaísmo Nazareno é o SHEMÁ ordenado por nosso D’us Eterno:

שׂמע ישׁראל יהוה אלהינו יהוה אחד – Deuteronômio 6:4

Shemá Yisrael Adonai elohêynu Adonai echad – Deuteronômio 6:4

"Ouve, ó Yisrael, Adonai é nosso D’us, Adonai é Um" – Deuteronômio 6:4

Este preceito foi recitado e confirmado por Yeshua:

"Disse Yeshua: O maior é: Ouve, ó Yisrael, Adonai nosso é D’us, Adonai é Um" – Marcos 12:29

Em toda a Escritura não há lugar para dois, ou três, ou quatro ou vários outros deuses, todos os textos do N.T. que, supostamente dão a entender que se trate de mais de uma divindade, são tendenciosos e obscuros, nenhum deles são contundente, direto, claro e preciso como o Shemá hebraico, que não deixa a menor dúvida quanto a existência de um único YHWH.
Yeshua o Messias, é um Elohim, embora os teólogos cristãos tenham traduzido erroneamente esta palavra hebraica como "deus", ela não significa isto, pois se trata de um Título, e Títulos não são nomes próprios, quando os cristãos compreenderem realmente o que significa ser um Elohim, então entenderão que o dogma católico da trindade é totalmente PAGÃO.
Observemos estas declarações bíblicas onde se afirma categoricamente, a existência de um único Deus e a existência de um Messias, que é ao mesmo tempo um mensageiro, enviado e servo:

E a VIDA ETERNA é esta: que te conheçam a ti, o ÚNICO(echad) D’US VERDADEIRO, e a Yeshua ha Mashiach, a quem enviaste" (João 17:3)

"Levantaram os reis da terra e as autoridades ajuntaram-se à uma contra o Eterno Deus e contra o seu Mashiach, porque verdadeiramente ajuntaram nesta cidade contra o seu santo SERVO Yeshua, ao qual ungiste......." (Atos 4:26e27)

"Porque há UM SÓ(echad) D’US e um um só mediador entre Deus e os homens, Yeshua ha Mashiach, homem." (I Timóteo 2:5)

"Para que o D’us de nosso Senhor Yeshua ha Mashiach, o Pai da Glória, vos conceda espírito de revelação no pleno conhecimento dele" (Efésios 1:17)

"Ao que vencer, farei coluna no Santuário de MEU D’US........gravarei também sobre ele o nome de MEU D’US, o nome da cidade de MEU D’US...... e o meu Novo Nome" (Apocalipse 3:12)

"Porque todas as coisas D’us sujeitou debaixo de seus pés, e quando diz que todas as coisas lhe estão sujeitas, claro que exclui Aquele que tudo lhe sujeitou, quando porém todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então o próprio Filho também se SUJEITARÁ ao Eterno que todas as coisas lhe sujeitou, pra que Adonai seja tudo em todos" (I Coríntios 15:27 e 28)

Observações importantes:

*Um D’us não é SERVO de outro D’us

*Um D’us não chama ao outro D’us de MEU D’US

*Um D’us não se SUJEITA a outro D’us

Só um Cego não vê isto, ou melhor, uma mente contaminada pelo paganismo de Roma.
A própria Bíblia declara quem é Yeshua ha Mashich, e permanece as questões:

*Um D’us não é SERVO de outro D’us - "O D’us de Abraão, de Isaak e de Yacov, o Eterno de nossos pais, glorificou a seu SERVO Yeshua...." (Atos 3:13);

"Porque verdadeiramente se ajuntaram nesta cidade contra o teu Santo SERVO Yeshua, a quem ungiste...." (Atos 4:27);

"Ele verá o fruto do penoso trabalho de sua alma e ficará satisfeito, o MEU SERVO, o Justo, com o seu conhecimento, justificará a muitos...." (Isaías 53:11)

*Um Deus não chama ao outro D’us de MEU D’US - ".....MEU D’US, M’US D’US, porque me desamparaste?" (Mateus 27:46);

"Ao que vencer, farei coluna no Santuário de MEU D’US,.....gravarei sobre ele o nome de MEU D’US, o nome da Cidade de MEU D’US......e o meu novo nome" (Apocalipse 3:12)

*Um D’us não se SUJEITA a outro D’us - "Eu estava observando em minhas visões da noite, quando vi que vinha com as nuvens do céu um Ser chamado de o Filho do homem, ele aproximou-se do Ancião de idade e o conduziram até Ele; foi dado a este Ser domínio, e glória, e o reino, para que os povos, os gentios e homens de todas as línguas o servissem, e o seu domínio é domínio eterno que não passará, e o seu reino jamais terá fim" (Daniel 7:13);

"Porque todas as coisas D’us sujeitou debaixo de seus pés, e quando diz que todas as coisas lhe estão sujeitas, é claro que exclui Aquele que tudo lhe sujeitou, quando porém, todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então o próprio Filho(do homem) também se SUJEITARÁ ao Eterno que todas as coisas lhe sujeitou, para que Adonai seja TUDO e em TODOS" (I Coríntios 15:27e28)

O próprio Senhor Yeshua disse quem ele era:

"Ouviste o que eu vos disse: vou e volto para junto de vós, se me amásseis, alegrar-vos-íeis de que eu vá para o Pai, pois o Pai É MAIOR DO QUE EU" (João 14:28)

"Disse Yeshua: quando levantares o Filho do homem, então sabereis quem sou e que NADA FAÇO POR MIM MESMO, mas falo somente o que o Pai me ensinou" (João 8:28)

A Torah Sagrada é soberana em se tratando da Palavra de D’us, e ela declara firmemente:

"Não terás outros deuses diante de MIM" (Shemôt/Êxodo 20:3)

Qualquer pensamento, qualquer teoria, qualquer dogma que levante a idéia de se haver uma outra divindade além do Eterno D’us de Yisrael, é um pecado mortal, é paganismo, é politeísmo satânico, Adonai Eterno encerra de vez este assunto com o estabelecimento do Shemá Sagrado:

"Shemá Yisrael, Adonai eloheino, Adonai ECHAD - Ouve ó Yisrael, Adonai é nosso D’us, é Um" (D'varim/Deuteronômio 6:4)

Não se deve comparar João 8:58 com Êxodo 3:14 que são dois textos completamente diferentes e com conotações diferentes, o texto no original hebraico diz o seguinte:

ויאמר אלהים אל משׂה אהיה אשׂר אהיה ויאמר כה תאמר לבני ישׁראל אהיה שׂלחני אליכם
Êxodo 3:14

"Vayômer Elohim el Moshê 'Yheye asher Yheye' vayômer ko tomar libnêy Yisrael 'Yheye' shelachaniy alykhem" – Êxodo 3:14

"Disse Elohim a Moisés: EU SEREI O QUE SEREI, disse mais: assim dirás aos filhos de Yisrael: o EU SEREI me enviou até vós" (Êxodo 3:14)

Foram os tradutores cristãos que traduziram erroneamente e tendenciosamente Êxodo3:14 para "eu sou o que sou" para confirmar seu dogma da trindade, enquanto que, no original hebraico o termo "Yheye asher Yheye", "Eu Serei o que Serei", significa que o nosso D’us Eterno será tudo aquilo que desejarmos de bom, ou seja, nosso Pai, nosso ajudador, nosso protetor, nosso amigo, etc...

Como entender o texto de João 1:1 dentro do contexto hebraico das Escrituras, temos que primeiro eliminar a ideia de se haver vários deuses, pois só há apenas UM SÓ D’US:

"εν αρχη ην ο λογος και ο λογος ην προς τον θεον και θεος ην ο λογος" - João 1:1

"en arkê ên ho logos kai ho logos ên pros ton teon kai teos ên ho logos" - João 1:1

"No princípio(bereshit) era a Palavra, e a Palavra estava (na boca de)em D’us, e a palavra era D’us" (João 1:1)

Dentro do contexto bíblico hebraico, a definição de Palavra, é a própria imagem perfeita e expressão exata da pessoa que a escreveu, a ponto desta Palavra revelá-la a nós tal como ela é de fato. A Palavra é também a testemunha fiel e verdadeira das atitudes e dos cumprimentos das promessas da pessoa que a escreveu.
A Palavra pode se manifestar através de vários meios de comunicação, por exemplo: na escrita, no falar, no andar, no gesto, no agir, no pensamento, na emoção, etc. Toda Palavra sempre é filha unigênita de alguém porque veio de dentro de alguém, então, este alguém é obviamente denominado Pai, pois, este alguém é a Fonte de procedência da palavra.
Digamos que eu envio a minha palavra, manifestada na forma escrita [livro] para tornar-me conhecido, e tenho como publico alvo as crianças, então, a minha linguagem contida neste livro não poderá ser uma linguagem de adulto.
Então, esta minha palavra, que é parte integrante do meu ser, e, que sempre está dentro do meu seio, porem manifesta na forma escrita no livro, deverá esvaziar-se do nível de adulta para o nível de compreensão das crianças, sem perder a sua essência e característica, a ponto de expressar com exatidão e de uma forma integra, fiel e verdadeira a minha pessoa através de parábolas [historias, ilustrações] para crianças e/ou até mesmo fazer um paralelo [sombras] entre a minha realidade e a realidade delas.
Mas, se estas crianças, não saberem ler, então, a minha palavra esvaziada poderá encarnar-se manifestando-se na semelhança de uma criança [como um personagem]. Depois que a minha palavra manifesta como sendo um personagem na forma de criança, cumprir com a sua missão, ela, como personagem, retorna a mim com a estatura que tinha antes, ou seja, adulta como eu.
Portanto, neste sentido, a minha filha unigênita que é a minha Palavra que está na minha mente, seja ela manifesta na carne, na escrita ou na fala [voz], tornou-se a minha representante verdadeira e fiel, pois foi oriunda de meu ser, assim é Yeshua ha Mashiach, o enviado pelo Eterno, o seu representante fiel e único, Yeshua não é o Eterno, mas o seu representa em tudo, e tendo realizado a nobre tarefa de Salvação, tornou-se o autor e consumador de nossa fé, e um dia apresentará o fruto de seu trabalho ao seu Pai Eterno dizendo:

"Eis-me aqui, e os filhos que me deste, para sinal e para maravilhas em Yisrael da parte de Adonai T'sevaôt, que habita em T'sion" (Isaías 8:18)

"E outra vez: Eu porei nele a minha confiança; e ainda: Eis aqui estou e os filhos que Adonai me deu" (Hebreus 2:13)

Assim, quando alguém encontra Yeshua, o representante do Eterno, e o aceita como seu Salvador, dirá como o profeta Jeremias declarou:

"Encontrando as Tuas Palavras, logo as comi; as tuas Palavras me foram Gozo e Alegria para o coração, pois pelo eu nome sou chamado, ó Eterno, Adonai T'sevaôt" (Yirmeyahu/Jeremias 1:16)

Textos esclarecedores que definem a condição de Yeshua diante de D’us:

"Pois a qual dos anjos jamais disse: Tu és meu filho, eu hoje te gerei?; E outra vez: Eu lhe serei por Pai e ele me será filho?......Amaste a justiça e odiaste a iniquidade; por isso, o Elohim, o TEU D’US, te ungiu com o óleo de alegria como a nenhum dos teus companheiros......ora, a qual dos anjos jamais disse: assenta-te à minha direita, até que eu ponha todos os teus inimigos debaixo de teus pés" (Hebreus 1:5, 9, 13)

"Pois, não foi a anjos que sujeitou o mundo vindouro, sobre o qual estamos falando; antes, alguém em certo lugar, deu pleno testemunho, dizendo:  “Que é o homem, que dele te lembres/ e o FILHO DO HOMEM que o visites? fizeste-o, por um pouco menor do que D’US, de glória e de honra o coroaste e o constituíste sobre todas as obras de tuas mãos, todas as coisas sujeitaste debaixo dos seus pés. Ora, desde que o Eterno lhe sujeitou todas as coisas, nada deixou fora de seu domínio, agora, porém, ainda não vemos todas as coisas e ele sujeitas; vemos todavia, aquele que, por um pouco, tendo sido feito menor que os malahim, Yeshua, que por causa do sofrimento da morte, foi coroado de glória e de honra, para que, pela graça do Eterno, provasse a morte por todos os homens" (Hebreus 2:5 a 9)

Em toda a Escritura, de Gênesis ao Apocalipse, a Bíblia declara, HÁ UM SÓ D’US:

*Os Patriarcas pregaram esta verdade: HÁ UM SÓ D’US (Deuteronômio 6:4)

*Os profetas pregaram esta verdade: HÁ UM SÓ D’US (Isaías 44:6)

*O próprio Mashiach pregou esta verdade: HÁ UM SÓ D’US (Marcos 12:29)

*Os apóstolos pregaram esta verdade: HÁ UM SÓ D’US (I Coríntios 8:6)

*O Espírito Santo declarou no último livro inspirado: HÁ UM SÓ D’US (Apocalipse 1:8)

Por isso o nosso D’us Eterno nos comissionou a pregar esta verdade: HÁ UM SÓ D'US, nosso D'us nos deu os seus oráculos para nunca nos esquecer desta grande verdade:

"Qual é pois, a vantagem do judeu?........muita, sob todos os aspectos, principalmente porque aos judeus foram confiados os Oráculos do Eterno" (Romanos 3:1e2)

Assim, não nos cansaremos de anunciar a todos os pagãos: HÁ UM SÓ D’US, HÁ UM SÓ D’US..........................

Quanto a Yeshua ser UM com D’us (João 10:30):

Ser um com D’us significa estar em íntima comunhão com o Eterno, ter a mente do Eterno, pois não é mais a pessoa vivendo, e sim D’us vivendo na pessoa, como Paulo exclamou em Gálatas 2:20, isto é ser um com D’us, e Yeshua era um em comunhão com o Eterno, e desejava que nós também fossemos um com eles:

"A fim de que TODOS sejam UM, como és tu, ó Pai, em mim e eu em ti, que eles também sejam UM em NÓS, para que o mundo creia que tu me ENVIASTE" (João 17:21)

Se o fato do Messias ter dito que ele e o Pai são um, torna Yeshua um "deus", então neste caso, nós também somos "deuses", porque ele pediu ao Pai que todos nós fossemos "um" como o Eterno, aí está o ERRO de se interpretar a Palavra de D’us pela ótica católica pagã romana.
Quanto a receber adoração, será de maneira indireta, pois um Elohim pode receber reverências em nome do Eterno, pois ele está representado a Autoridade do Eterno, logo, não é ao Elohim a adoração e sim ao Eterno, foi o que aconteceu com o Anjo que estava sob o título de Elohim, ao qual falou com Moisés na sarça ardente, ele disse:

"......não te aproximes daqui, tira as sandálias dos pés, pois o lugar em que estás é solo sagrado, e disse mais: Eu sou(estou representando) o D’us de Abraão, o D’us de Isaak e o D’us de Yaacov, Moisés curvou-se, porque temia olhar para o Elohim" (Êxodo 3:5 e 6)

Agora, observem este texto de um outro Anjo:

"Curvei-me ante seus pés para adorá-lo, o Anjo porém me disse: Não faça isto, sou conservo teu e dos teus irmãos que conservam o testemunho de Yeshua, adora ao Eterno, pois o testemunho de Yeshua é o Espírito da profecia" (Apocalipse 19:10)

Aí está a diferença de um ser celeste com o título de Elohim, e outro ser celeste que não está com este título, um pode receber reverência, enquanto que o outro não, portanto, Yeshua  recebe reverências por meio do Eterno.

Outros textos lógicos da Bíblia:

"Entretanto, NINGUÉM sabe quando esse dia e essa hora chegarão, NEM os anjos no céu, NEM O FILHO, senão somente o PAI" (Marcos 13:32)

"Esta é a revelação que o Eterno D’us deu a Yeshua, o Messias, para que ele pudesse mostrar a seus servos o que deve acontecer em breve, Yeshua comunicou ao enviar o seu anjo a Yochanan(João), seu servo" (Apocalipse 1:1e2)

A Bíblia é clara e contundente em mostrar que Yeshua não tem uma divindade igual ao Eterno D’us, pois o Eterno é MAIOR do que ele, sendo que havia informações em que Yeshua não sabia, somente muito depois, ao escrever o Apocalipse, estando já Yeshua na Glória junto ao Pai, o Eterno revela-lhe os últimos acontecimentos deste mundo, como em um suposto "Deus trino", um desses deuses não soubesse informações do outro???????????!!!!!!!!!!!!!!, sejamos lógicos.
Um texto muito usado pelos trinitarianos contra nós:

"Quem é o MENTIROSO senão aquele que nega que Yeshua seja o Mashiach(o ungido enviado pelo Eterno)? Este é o anti-cristo, o que nega o Pai e o filho" (I João 2:22)

Quem faz de Yeshua um deus igual ao Eterno é um MENTIROSO, pois toda a Escritura declara, há só um D’us, qual será a recompensa dos MENTIROSOS:

"Fora ficam os cães, os feiticeiros, os impuros, os assassinos, os idólatras e todo aquele que AMA a prática da MENTIRA" (Apocalipse 22:15)

"Vós sois de Satã, o vosso pai, e quereis satisfazer os desejos, ele foi homicida desde o princípio e jamais se firmou na verdade, porque nele não há verdade, quando profere uma MENTIRA, fala daquilo que lhe é próprio, pois é mentiroso e pai da mentira" (João 8:44)

Conclusão:

O que fiz foi apenas mostrar o que está na Palavra de D’us, na Torah/Lei Sagrada, no Tanach/Antigo Testamento e na B'rit Chadashá/Novo Testamento, onde o nosso D’us declara:

"Ouve ó Yisrael, Adonai é nosso D’us, Adonai é UM" (Deuteronômio 6:4),

Quando o Mashiach enviado pelo Eterno esteve entre seu povo, ele fez a mesma declaração:

"Ouve o Yisrael, Adonai é nosso D’us,  Adonai é UM" (Marcos 12:29)

O maior pecado do povo de Yisrael foi aceitar outros deuses, Yisrael foi para o cativeiro por adorar vários deuses além de Adonai, o Eterno nos envia o Mashiach Yeshua para nos ensinar de uma vez por todas, que não há outro D’us além do Eterno (Marcos 12:29).
Agora vêm os ditos cristãos querendo nos impor uma doutrina satânica de que há três deuses ou dois deuses, ou seja, querem nos ESCRAVIZAR e nos tornar IDÓLATRAS igual nossos pais foram no passado, e por isso receberam um terrível castigo; isto que é um verdadeiro RETROCESSO.

"Quando vier o Espírito da VERDADE, ele vos guiará em toda a VERDADE, porque não falará de si mesmo, mas dirá TUDO a vós outros e as coisas que ainda virão" (João 16:13)

A igreja romana criou uma figura mitológica, um deus chamado "jesus cristo", e contaminou a mente de todos os gentios com esta farsa satânica; em nenhum momento de seu ministério Yeshua se declara ser o D’us de Yisrael, o Eterno Todo Poderoso, o YHWH, o máximo que ele disse foi que ele e o Pai tinham uma perfeita comunhão de obras, porém que Yeshua era submisso e obediente em TUDO ao Pai, para aqueles que tentam desvirtuar as palavras de Yeshua para transformá-lo em um "deus", ele mesmo os repreende dizendo:

"Disse Yeshua: Ó TOLOS e tardos de coração para crer em tudo que os profetas falaram. Porventura, não era necessário que o Mashiach sofresse (Isaías 53) para que depois entrasse em sua Glória?? E, começando por Moshê, discorrendo por todos os profetas, explicava-lhes o que a respeito dele constava em toda as Escrituras......Então Yeshua disse: São estas as palavras que eu vos falei, estando ainda convosco, era necessário que se cumprisse do que de mim está na Torah dada a Moshê, nos Neviim(profeas) e nos Tehilim(salmos)" (Lucas 24:25 e 26 - 44)

Se os goyim(gentios) ficarem apenas estudando o que Roma determinou, apenas o que seus pastores lhes pregam ou o que o teologismo de suas pseudas religiões lhes passam, ainda serão considerados TOLOS e TARDOS de coração, não entendendo NADA da Palavra, o Mashiach está plenamente revelado na Torah/Lei Sagrada, nos Neviim/Profetas e nos Tehilim/Salmos, ou seja, em TODA a Bíblia.

*O Mashiach revelado na Toráh:

"O Eterno, teu D’us, te suscitará um PROFETA do meio de ti e dos teus irmãos, parecido comigo; a este deverás ouvir. Suscitar-lhe-ei um PROFETA do meio de teus irmãos, semelhante a ti, em cuja a boca porei as minhas Palavras, e ele falará tudo o que eu, o Eterno, lhe ORDENAR, e, toda a quele que não ouvir as minhas Palavras que ele falar em meu Nome, disso lhe pedirei contas" (Deuteronômio 18:15 - 18 e 19)

Yeshua disse: 

"....eu faço apenas o que o Pai me ORDENOU" (João 14:31)

*O Mashiach revelado nos Neviim/Profetas:

"Todavia, ao Eterno agradou moelo, fazendo-o enfermar, quando ele der a sua alma por oferta pelo pecado, verá a sua posteridade e prolongará os seus dias, e a VONTADE de D’US, prosperará em suas mãos, ele verá o fruto de seu penoso trabalho e ficará satisfeito,o meu SERVO, o justo, com o seu conhecimento, justificará a muitos, porque as iniquidades deles levará sobre si" (Isaías 53:10 e 11)

*O Mashiach revelado nos Tehilim/Salmos:

"MEU D’US, MEU D’US, porque me desamparaste? porque se acham longe de minha salvação as palavras de meu bramido?......Cães me cercam, uma súcia de malfeitores me rodeiam, transpassaram-me as mãos e os pés" (Salmos 22:1-16)

Exatamente como Yeshua mostrou aos seus discípulos, sua obra e ministério estão plenamente revelados na Torah/Lei, nos Neviim/Profetas e nos Tehilim/Salmos, e o mais interessante é que em cada parte da Bíblia, o Mashiach é visto de maneira diferente, na Torah ele é um PROFETA, nos Neviim ele é um SERVO OBEDIENTE e nos Tehilim ele é um DEPENDENTE de seu D’US, nada é revelado sobre ser ele um deus, isto é uma revelação que os TOLOS e TARDOS de coração ainda não perceberam, e continuam seguindo a ordem de Roma acreditando em um deus chamado "jesus cristo".
Quem se prende apenas em teologismos humano, não conseguem enxergar a revelação da Palavra, o Mashiach foi enviado para nos revelar o Pai, pois ele é o "resplendor da glória do Eterno, a expressão exata do seu ser" (Hebreus 1:3), pena que os tolos e cegos por Roma não conseguem ver isto.

Rosh: Marlon Troccolli

0 comentários:

Postar um comentário