terça-feira, 3 de março de 2015

O LOGOS DO ETERNO, MAL INTERPRETADO PELOS GENTIOS



O LOGOS DO ETERNO, MAL INTERPRETADO PELOS GENTIOS

Introdução:

Shaul haShaliach disse certa vez que os judeus têm uma vantagem sobre os gentios, a eles foram confiados os Oráculos do Eterno (ver Romanos 3:1-2). Nada melhor do que um judeu para interpretar sua própria Escritura, mesmo quando este possui conhecimento filosófico extra-bíblico, como é o caso de Filon de Alexandria que foi o primeiro pensador a escrever sobre o Logos do Eterno.

Quem foi Filon? 

Filon de Alexandria (em grego: Φίλων ο Αλεξανδρινός), filósofo judeu do século I (entre 10 e.c. e 50 e.c.), contemporâneo dos apóstolos, surge como o primeiro pensador a tentar conciliar o conteúdo bíblico à tradição filosófica ocidental. Foi autor de numerosas obras filosóficas e históricas, onde expôs a sua visão platônica do judaísmo, neste sentido, ficou mais conhecido por sua doutrina do Logos divino(Palavra de D’us). Ao estudarmos as acepções desse Logos divino na obra de Fílon, abordando suas relações com a tradição  filosófica, percebemos que o pensamento filoniano ainda se mostra original e marcado por contribuições alheias à cultura helênica, a saber, judaicas. No que diz respeito especificamente, segundo Filon o Logos é a atividade intelectiva de D'us, isto é, a ação de D'us no mundo, o instrumento da Criação do Eterno, a Palavra reveladora e o único meio a partir do qual a alma humana adquire o conhecimento verdadeiro. Filon, como todo judeu, acreditava apenas em Um Só D’us, incorpóreo e que não tem princípio, então D'us CRIOU o Logos/Menra, que é a atividade intelectiva de D'us, e ao Logos(palavra) devemos a criação do mundo. O Logos é o que está entre D'us e os homens, é o intermediário da relação entre os dois. O Logos/Menra é o ser mais antigo, o primeiro a ser criado por D'us e é também a sua imagem. D'us transcende a tudo o que é conhecido pelo homem, ele vai além dos limites da experiência material. O homem tem por fim voltar a se unir a D'us que é perfeito e do qual nós não temos a capacidade de compreensão. Para se unir a D'us o homem tem que se libertar da sua ligação com o corpo. (Filon de Alexamdria, Sobre o Logos divino - 10 e.c. a 50 e.c.)

Aí está uma perfeita compreensão do Logos/Menra/Palavra do Eterno feita por um judeu de verdade que não havia se contaminado com o LIXO doutrinário romano, pois viveu num período muito anterior ao surgimento do dito cristianismo e suas heresias destruidoras. O apóstolo João, sendo judeu e conhecedor da doutrina do Logos de Filon, soube identificar perfeitamente o Messias de Yisrael como o Logos (Palavra de D’us), aquele no qual foram criadas todas as coisas, em hipótese alguma João estava se referindo ao Messias como o próprio Eterno, ou parte dEle, essa ideia pagã não estava exposta na doutrina de Filon de onde João tirou suas conclusões, quem conhece as obras de Filon sabe disto.

A encarnação do Logos não tem nada a ver com o dogma pagão da trindade cristã, em primeiro lugar Logos em grego não é uma pessoa, João ao identificar o Messias como o Logos de D’us queria dizer que ele estava inicialmente na mente de D’us pois, era a Palavra e palavra não é uma entidade ou pessoa, todas as coisas foram  feito por intermédio dele como palavra e não como pessoa, exatamente como Filon descreve o Logos em sua doutrina, a atividade intelectiva de D’us, isto é, a ação de D'us no mundo, o instrumento da Criação do Eterno, ou seja, o Eterno ao pronunciar suas palavras na criação ele na verdade estava se utilizando do Messias, pois neste momento o Messias era apenas a Palavra-Logos de D’us, Adonai estabeleceu um momento em que este Logos-Palavra-Messias deveria ser gerado para se tornar um ente ou ser, esta revelação encontra-se em João 1:1 

εν αρχη ην ο λογος και ο λογος ην προς τον θεον και θεος ην ο λογος – João 1:1  

“en archê ên o Logos kai o Logos ên pros ton theon kai theos ên o Logos” – João 1:1

“No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Elohim, e o Palavra era Elohim” (João 1:1)


O termo grego Logos quer dizer palavra, se verificarmos no dicionário o que significa o termo “palavra” muitos dicionários responderão que é um vocábulo que expressa uma ideia verbal, ou seja, o Logos-palavra não é uma pessoa, mas sim uma ideia na mente de alguém que se expressa de forma oral ou escrita, era exatamente isto que João e Filon se referiam ao se utilizarem do termo “Logos”. João quis representar em sua declaração, que no princípio o Messias era somente uma ideia verbal na mente de D’us, o Messias não era uma pessoa ou uma entidade espiritual atuante antes de seu nascimento, a Bíblia não da nenhuma margem para tal argumentação, João era judeu e pensava como judeu, nunca e jamais um judeu do primeiro século pensaria em haver um outro deus além do Eterno ou que alguém poderia ser o Eterno encarnado, a própria Torah Sagrada em Êxodo 20:3 proíbe tal  raciocínio, João se utilizou dos pensamentos de Filon um outro judeu  para confirmar o que os sábios do passado já diziam, que o Messias já existia sim, mas não como uma pessoa ou entidade, porém, como um pensamento ou ideia na mente de D’us.

Conclusão:

É preciso se entender e fazer a diferença entre a expressão bíblica “filho de D’us” e a expressão pagã “deus filho”. Ser filho de D’us é ser ESCOLHIDO para representa-lo perante o universo, ser filho de D’us é ser ELEITO pelo Eterno para fazer a sua vontade, ser filho de D’us nunca e jamais significou ser parte de D’us ou co-igual ou um outro deus além do Eterno, Yisrael foi denominado Filho de D’us pelo próprio Eterno e, no entanto, Yisrael não era D’us:

“Então dirás a Faraó: Assim diz o Eterno: Yisrael é MEU FILHO, meu primogênito. E eu te tenho dito: Deixa ir o MEU FILHO, para que me sirva....” (Êxodo 4:22-23)

A Bíblia toda de Gênesis ao Apocalipse declara em uma só voz: Há apenas UM SÓ D’US.
UM SÓ D’US  Êxodo 9:14
UM SÓ D’US  Êxodo 20:2-3
UM SÓ D’US  Êxodo 34:14
UM SÓ D’US  Deuteronômio 4:35
UM SÓ D’US  Deuteronômio 6:4
UM SÓ D’US  Deuteronômio 32:39
UM SÓ D’US  Deuteronômio 33:26
UM SÓ D’US  1 Samuel 2:2
UM SÓ D’US  2 Samuel 7:22
UM SÓ D’US  1 Reis  8:60
UM SÓ D’US  Isaias 45:5
UM SÓ D’US  Isaias 45:6
UM SÓ D’US  Isaias 45:14
UM SÓ D’US  Isaias 45:18
UM SÓ D’US  Isaias 45:21
UM SÓ D’US  Isaias 45:22
UM SÓ D’US  Isaias 46:9
UM SÓ D’US  Daniel 3:29
UM SÓ D’US  Joel 2:27
UM SÓ D’US  Mateus 19:18
UM SÓ D’US  Marcos 12:32
UM SÓ D’US  João 5:44
UM SÓ D’US  João 17:3
UM SÓ D’US  Romanos 3:30
UM SÓ D’US  Romanos 16:27
UM SÓ D’US  1 Coríntios 8:6
UM SÓ D’US  Efésios 4:6
UM SÓ D’US  1 Timóteo 2:5
UM SÓ D’US  1 Timóteo 1:17
UM SÓ D’US  Gálatas 3:20
UM SÓ D’US  Tiago 2:19
UM SÓ D’US  Judas 1:25
UM SÓ D’US  Apocalipse 21:6-7

Que possamos ouvir a voz dos apóstolos do Messias que uniram as suas vozes com a de toda a Bíblia ao declararem HÁ APENAS UM SÓ D’US:

“Todavia para nós(judeus) há UM SÓ D’US, o Pai, de quem é tudo e para quem nós existimos; e um só Senhor, Yeshua haMashiach, pelo qual são todas as coisas, e nós por ele” (I Coríntios 8:6)

E abandonem o paganismo com suas doutrinas destruidoras para que, destas coisas vãs vos converteis ao D’us vivo:

“.... e vos anunciamos a Palavra de Salvação para que destas coisas vãs vos convertais ao D’us Vivo, que fez o céu, e a terra, o mar, e tudo quanto há neles” (Atos 14:15)



Rosh Marlon Troccolli


2 comentários: