domingo, 10 de setembro de 2017

YESHUA CUMPRIU A PROFECIA DO PORTÃO DOURADO?




Yeshua Cumpriu a Profecia do Portão Dourado?

Yeshua não cumpriu a profecia de Ezequiel 44:1-2, veja o porquê.

Introdução:

Shalom, amigo (a) leitor (a), mais uma vez, estou escrevendo um estudo que causará a insatisfação dos adoradores de Jesus. Usando as Sagradas Escrituras, vou provar que, certas profecias não se aplicam a Yeshua. Numa tentativa farsante de mostrar que Jesus é Deus, os falsos adoradores fizeram de tudo, para anexar uma passagem sagrada ao seu deus. Começaremos com o texto usado para afirmar a divindade de Jesus.

Antes de iniciar, vou deixar claro, que cremos ter sido Yeshua o justo de D’us, foi um profeta, um mensageiro, um restaurador e cremos em seus ensinos que estão em harmonia com a toráh.

Leremos agora um texto muito conhecido do livro de Mateus, que retrata a entrada de Yeshua em Yerushalaym (Jerusalém) e também ao templo.

Matityahu – Mateus 21:1-11

“1 Quando se aproximaram de Yerushalaim e chegaram a Betfagé, ao monte das Oliveiras, então enviou Yeshua dois talmidim,
2 dizendo-lhes: Ide à aldeia que está defronte de vocês, e logo encontrareis uma jumenta presa, e um jumentinho com ela; desprendei-a, e trazei-os para mim.
3 E, se alguém disser a vocês alguma coisa, direis: O Adon precisa deles. E imediatamente os enviará.
4 Ora, tudo isso aconteceu para que se cumprisse o que foi dito pelo [1]navi:
5 Dizei à filha de Tzion: O teu Melech vem a ti, manso, e montado sobre um jumento, sobre um jumentinho, filho de jumenta.
6 Indo, os talmidim e fazendo como Yeshua lhes ordenara,
7 trouxeram a jumenta e o jumentinho, e puseram sobre eles seus mantos, e o fizeram sentar sobre eles.
8 E uma multidão mui grande estendeu seus mantos pelo caminho; e outros cortavam ramos das árvores e os espalhavam pelo caminho.
9 E as multidões que iam adiante, e que seguiam, clamavam, dizendo: Hosana ao Filho de David! Bendito o que vem em nome do ETERNO! Hosana nas alturas!
10 Ao entrar ele em Yerushalaim, toda a cidade se alvoroçou, dizendo: Quem é este?
11 E as multidões respondiam: Este é Yeshua, o navi de Natzri da Galileia. ”

A profecia do versículo cinco (5), é do profeta Zacarias 9:9, mas não será essa a premonição que vamos analisar. O versículo chave é:  Ezequiel 44:1-2.

“ Então me fez voltar para o caminho da porta exterior do lugar sagrado, a qual olha para o oriente; e ela estava fechada. E disse-me YHVH: Esta porta ficará fechada, não se abrirá, nem entrará por ela homem algum; porque YHVH Elohim de YisraEL entrou por ela; por isso ficará fechada. ”

Analisando a Profecia:

“Esta porta ficará fechada, não se abrirá… e … porque YHVH ELohim de YisraEL entrou por ela…”.

Os falsos adoradores alegam a divindade de Yeshua  baseando-se nessa passagem do profeta Ezequiel 44:1-2. Vou relembrar o que é dito por eles: “Yeshua entrou pela porta ao leste e a mesma foi fechada e permanece até hoje lacrada”. Seria isso uma prova que Yeshua é divino? Veja abaixo a foto do portal oriental (virada para o leste, nascente do sol)

Observe na foto ao lado, em que o portão oriental do templo está lacrado, essa foto é usada por muitos líderes religiosos para afirmar a divindade de Yeshua. Vou refazer a pergunta: Seria isso uma prova que Yeshua  é o D'us de Yisrael? Para aqueles que acreditam nessa falácia, vamos então analisar o livro de Ezequiel, e de capítulo em capítulo, vamos revelando a verdade.

Vamos apenas recapitular o raciocínio dos adoradores de Yeshua:

1º O D'us de Yisrael disse por meio do profeta que a porta ficaria fechada porque Ele passou por ela.
2º Yeshua passa pela porta “para se cumprir a profecia ” depois disso ela é fechada.
3º A porta permanece fechada até hoje e isso é uma prova real e física da divindade de Yeshua.

Essas três considerações são praticamente as essenciais utilizadas pelos A.J. (Adoradores de Jesus).

Para uma pessoa que não estuda a Bíblia como um detetive, será difícil discordar dessa explicação cristã. É preciso muita dedicação e oração para não cair nessa armadilha. Um labirinto de textos fora do contexto, e muita confiança num manuscrito (N.T) que por diversas vezes foi manipulado pelos copistas.

A partir de agora, vamos fazer uma análise profunda do livro do profeta Ezequiel, e provaremos a total discrepância entre Jesus e a profecia do capítulo quarenta e quatro (44).

Caro (a) estudante, peço a você que leia os seguintes capítulos por completo; 40, 41, 42, 43, 44, 45, 46, 47 e 48 você perceberá que, em todos esses capítulos o profeta fala do templo, o Beit HaMikdash (Casa da Santidade). Analisando do capítulo 40 ao 43 percebemos que a visão se trata de um templo. No versículo quatro (4) o profeta disse que o poder (glória) do Eterno entrou pela porta leste, veja:

“ E a kevod (glória) de YHVH entrou no Templo pelo caminho da porta oriental. ”

Observe que o profeta usa o verbo “entrar” no passado, “entrou”. Vamos prosseguir, e depois voltaremos a essa passagem.  No versículo 7 do capítulo 43 do mesmo livro, notamos um verso chave para o entendimento, leia:

“ E disse-me: Filho do homem, este é o lugar do meu trono, e o lugar das plantas dos meus pés, onde habitarei no meio dos israelitas para sempre; ”

Versículo 9 “…e habitarei no meio deles para sempre”, na visão é apresentado a Ezequiel um templo que permaneceria para sempre (vv. 7) onde o Eterno habitaria no meio dos israelitas por toda eternidade (vv. 9). Com esses versículos entendemos que o templo visto pelo profeta não seria destruído, e permaneceria pelos séculos dos séculos.

Revendo os capítulos:

1º – A visão se trata de um templo futuro.
2º – O templo seria a morada do Eterno para sempre no meio dos israelitas e nunca mais seria destruído.
3º – O portão leste (oriental) foi fechado porque o poder (gloria) do Eterno passou por ele.

Vamos continuar nossa análise. Prossigamos para o capitulo 44: 1-3:

“ 1 Então me fez voltar para o caminho da porta exterior do lugar sagrado, a qual olha para o oriente; e ela estava fechada. 2 E disse-me YHVH: Esta porta ficará fechada, não se abrirá, nem entrará por ela homem algum; porque YHVH ELohim de YisraEL entrou por ela; por isso ficará fechada. 3 Somente o príncipe se assentará ali, para comer pão diante de YHVH; pelo caminho do vestíbulo da porta entrará, e por esse mesmo caminho sairá, ”

“…e ela estava fechada…”: Em visão o profeta é levado de volta ao portão oriental (porta virada ao nascer do sol), e ele encontra a porta fechada, em seguida o Eterno diz o porquê da porta fechada. O Criador disse: “porque YHVH ELohim de YisraEL entrou por ela”. Com essa fala o Eterno revela o motivo do fechamento da porta.

“Somente o príncipe se assentará ali”: No versículo três o Eterno revela que somente o príncipe entrará por ela. O príncipe nessa visão é o Messias.

“…da porta entrará, e por esse mesmo caminho sairá”: Observe que pelo vestíbulo da mesma porta oriental, somente o Messias pode entrar e sair, nenhuma outra pessoa.

Algumas perguntas para ajudar no entendimento:

Os adoradores de Yeshua dizem que a profecia se enquadra nele, e afirmam que foi ele quem passou pela porta e ela foi fechada. Do versículo 1-3 do capitulo quarenta e quatro, vemos dois personagens da visão; O primeiro é יְהוָה(YHVH), o qual muitas bíblias traduzem por “SENHOR”, essa pessoa é o Eterno. O outro é o príncipe, que sabemos se tratar do Messias.

Se Yeshua é o mesmo que passou pela porta e lacrou, quem é o príncipe (Messias)?
O príncipe (Messias) entrará pela porta para cear na presença de YHVH. Então segundo a visão dos adoradores de Yeshua, o próprio Jesus que fechou a porta e entrou por ela, e vai receber ele mesmo?
O mesmo SENHOR é o mesmo Messias? Ele vai se encontrar com ele mesmo?


O Messias não é o próprio YHVH:

Em hebraico o nome de D’us está assim: “יְהוָה. E todas as vezes em que uma profecia messiânica é mencionada, o Messias é um personagem diferente do Eterno (יְהוָה). Vejamos um exemplo:

2 Mas tu, Beit Lehem Efrata, posto que pequena para estar entre os milhares de Yehudah, de ti é que me sairá aquele que há de reinar em YisraEL, cuja origem são desde os tempos antigos, desde os dias mais longínquos.
3 Por conseguinte os entregará até o tempo em que a que está de parto tiver dado à luz; então o resto de seus irmãos voltará aos israelitas.
4 E ele permanecerá, e apascentará o povo na força de YHVH , na excelência do nome de YHVH seu ELohim; e eles permanecerão, porque agora ele será grande até os fins da erets.” Malaquias 5:2-4

 Analisando o texto de Malaquias 5:2-4

Leia: “E ele (O Messias) permanecerá, e apascentará o povo na força de YHVH (O Eterno) ” Observe claramente que nessa profecia, dois personagens aparecem, um é o Eterno D’us, e o outro é o Mashiach (Messias). O mesmo ocorre na profecia da porta oriental do templo descrita em Ezequiel 44:1-3. O príncipe é o Mashiach, e somente ele terá a liberdade de entrar pela porta que foi fechada pelo Eterno. Agora vou fazer algumas perguntas para reflexão:

1ª – Se Yeshua é o D’us que entrou pela porta e fechou, para que ninguém mais passasse a não ser o Messias, quem é o Messias (Príncipe) então? (Entenda a pergunta, leia Ez 44: 1-3)
Os cristãos dizem que Yeshua é o Messias de Yisrael, sendo ele o Messias, Yeshua comerá pão diante dele mesmo? Veja o texto “Somente o príncipe se assentará ali, para comer pão diante de YHVH” Ez 44:3
Se você é uma das pessoas que dizem: “O Messias é o rei e não príncipe” então peço que leia os seguintes textos usados pelos cristãos para afirmarem que Yeshua é o príncipe:

Sabe e entende: desde a saída da ordem para restaurar, e para edificar a Jerusalém, até ao Messias, o Príncipe, haverá sete semanas, e sessenta e duas semanas; as ruas e o muro se reedificarão, mas em tempos angustiosos. ” Daniel 9:25

D'us com a sua destra o elevou a Príncipe e Salvador, para dar a Yisrael o arrependimento e a remissão dos pecados. ” Atos 5:31

Vou usar apenas esses dois textos, para mostrar que o príncipe da profecia é o Messias. E agora você tem dúvidas? Na profecia de Ez 44: 1-3, O Eterno fecha a porta porque a glória dele passou por ela, mas Ele dará autoridade ao príncipe (Messias) para passar por ela, esse evento vai acontecer quando o templo descrito na profecia for construído, um templo “onde [o Eterno] habitará no meio dos israelitas para sempre” Ez 43:7. 
Esse templo não será destruído. Veja o que Yohanan (João) escreveu no livro das Revelações (apocalipse): “E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o Santuário (tabernáculo) de D’us com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo D’us estará com eles, e será o seu D’us. ” Apocalipse 21:3

Haverá um templo onde o Messias se assentará a mesa, e diante do Eterno (YHVH) cearás. O Príncipe entrará pelo vestíbulo da porta oriental, que foi fechada porque a gloria do Criador passou por ela. O templo descrito por Ezequiel ainda não existe e nem existiu, e quando existir durará para sempre.

O segundo Templo

Agora vamos estudar sobre o templo que foi destruído no ano 66 EC (Era Comum), provaremos que, o segundo Santuário não é o mesmo descrito na profecia de Ezequiel 44, como muitos teólogos cristãos acreditam.

Algumas considerações:

1º O segundo Templo foi destruído e, portanto, não pode ser o da profecia.
2º Não há relatos que a porta desse templo ficava fechada e que Yeshua entrava pelo vestíbulo do pórtico. Aliás, muitas pessoas passavam por ela, e tão pouco Yeshua era considerado um príncipe por todos na época.
3º Na profecia de Ezequiel 44 a nação Israelita não é subjugada pelos goim (gentios).
4º Na profecia de Ezequiel 44, o templo não seria profanado, mas o segundo templo foi profanado várias vezes.

O histórico sobre o Portal Dourado:

Uma teoria diz, que o Portão de Ouro atual, provavelmente foi construído no ano 520, como parte de uma série de construções em Jerusalém por parte do imperador bizantino Justiniano I, sobre ruínas de outras construções.
Outra teoria alternativa a essa, é a de que, ele foi construído um século depois, no século VII, por artesãos bizantinos que teriam sido contratados pelo Califa Omíadas.
O portão está localizado no meio do lado oriental do Monte do Templo. Acredita-se que, este portão era utilizado para fins ritualísticos nos tempos bíblicos.

O portão foi fechado em 1541 por ordem do sultão otomano Solimão, o Magnífico, porque, segundo a tradição judaica, seria por esse portão que o Messias profetizado no Tanach iria utilizar para entrar na cidade.
Os muçulmanos criaram um cemitério fora do portão, como eles estavam convencidos da profecia de Elias, o precursor do Messias que anunciou que, em seu retorno, o novo profeta não se atreveria a entrar no lugar, porque ele era um cohen. De fato, a entrada de sacerdotes judaicos em um cemitério é totalmente vedada, por causa da impureza.

Conclusão:

Na profecia de Ezequiel 44, o portão foi fechado, porque a gloria do Eterno passou por ele. (“A gloria de YHVH, entrou pela porta” Ez 43:4) por isso foi fechada. “Esta porta permanecerá fechada porque o YHVH, o D’us de Israel entrou por ela” Ezequiel 44:2.
Mas como você leu a história, diz que foi um mulçumano que fechou depois de 1500 anos. O Eterno usou um muçulmano para fechar a porta, depois de todo esse tempo?
Na profecia de Ezequiel 44, a porta teria um vestíbulo por onde o Messias entraria, mas a porta que lá está não tem um vestíbulo. E a profecia não fala de uma nova reconstrução, é claro que esse muro do templo, no qual tem a porta oriental, não é o da profecia.

Caro (a) estudante, peço a você que leia os seguintes capítulos por completo; 40, 41, 42, 43, 44, 45, 46, 47 e 48 você perceberá que em todos esses capítulos o profeta fala de um templo no futuro, um templo que não seria destruído, onde o príncipe (Mashiach) cearia com Ele. É notório que a profecia de Ez 44:1-2, não se cumpriu nos tempos de Yeshua. Estude a verdade e ela te libertará.


Autor: Eliyahu Ben Abraham 



_________________________________



3 comentários:

  1. No texto acima ¨Yeshua Cumpriu a Profecia do Portão Dourado?¨ a passagem correta não é Malaquias 5.2-4 e sim Miquéias 5.2-4

    ResponderExcluir
  2. Falou, falou e não disse nada do que se propos.

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente o irmão talvez não tenha conhecimento, más o muro da foto foi construído com as pedras do templo e parte do muro antigo após a destruição dos Romanos do segundo templo. o "Portão Dourado" por onde passou Yeshua esta abaixo do atual com tumbas dos muçulmanos que está hoje lacrado para visitação, no entanto não é o que realmente fez parte do segundo Templo. para seu conhecimento historicamente o caminho que desce do monte das oliveiras tem como entrada exatamente no portão Dourado. A profecia foi cumprida e com provas arqueológicas.( procure em "Arquelogia de Israel"

    ResponderExcluir